24/06/2012

SVADHARMA E PARADHARMA


Neste universo manifesto há seres animados e inanimados. Existe um Dharma para todas as criaturas. Jaeva Dharma ( o Dharma dos seres vivos) é para todas as criaturas. Mas o Dharma do homem é Bhágavata Dharma. E Bhágavata Dharma compreende Vistára (Expansão Psíquica), Rasa (Devoção) e Seva (serviço). Siga seu Svadharma que é Bhágavata Dharma.
          As pessoas amam Deus consciente ou inconscientemente. Todos têm uma inclinação para a espiritualidade.
         O Dharma Hindu, o Dharma Muçulmano ou o Dharma Cristão não é o Svadharma do homem. O Svadharma do homem é Bhágavata Dharma. As forças sutil, mutativa e estática não permanecem em Bhágavata Dharma, que se encontra além das Gun’as (Forças sutil, mutativa e estática ). Estas três Gun’as são como três ladrões que viviam numa floresta. Uma vez eles encontraram um senhor que não sabendo o caminho se perdeu na floresta. Um ladrão algemou este senhor. “Quem é você?” perguntou o senhor. “Eu sou Tamogun’a” respondeu o ladrão. O segundo ladrão acercou-se do senhor e encontrou-o retorcendo-se em dor. Desatou suas algemas. O Senhor perguntou-lhe quem ele era. Ele disse que era “Rajogun’a”. O terceiro ladrão (sattvaguna) encontrou o Senhor e comoveu-se com sua condição. “Se você for nesta direção você chegará a cidade, a cidade da luz, de Bhágavata Dharma. Nós somos ladrões e não podemos ir à cidade da luz, de Bhágavad Dharma”.
         Siga seu Svadharma. Mesmo que seja difícil seguir seu Svadharma e fácil seguir seu Paradharma, você não deve deixar seu Svadharma, seu Bhágavata Dharma. Aqueles que seguem Paradharma movem-se em direção à crudificação. Se você deseja livrar-se da tristeza, siga Bhágavata Dharma.

                                                                           P.R.Sarkar Patna,23/08/78. (Manhã)
Publicado em:
Ánanda Vacanámrtam Part 1
Discourses sobre Krśńa e o Giitá [uma compilação]

23/06/2012

GURUSAKÁSHA - GURU KRPÁHI KEVALAM


“Prátah shirasi shukle’abje Divinitram’ dvibhujam gurum Barábhaya krtahastam’ Smarettam’ námapúrvakam.” 
 *******
Pela manhã, você medita na figura do Guru em um lotus branco no guru cakra, em posição de Barábhaya Mudra, seu amigo de fato e seu benfeitor.”
                                              Shrii Shrii Ánandamúrti