21/04/2012

MORTE DO SENHOR KR'SNA:


Esta história aconteceu muito antes dos primeiros dias de AM quando dada Para'sattya'nandaji estava muito próximo de Ba'ba'. Ele costumava visitar Ba'ba' para fazer massagem. Em uma dessas ocasiões, quando ele estava massageando um local escuro   no pé direito de Ba'ba', Ba'ba' chamou a atenção de Dada. Dada Não encontrando nenhuma razão para este fato, já que ele sabia que Ba'ba' nunca andava descalço em lugares com espinhos. Por curiosidade Dada perguntou a Ba'ba' a razão para este problema local. Ba'ba' evitou este assunto, dizendo que não era muito importante falar deste assunto. A curiosidade de  dada tornou-se maior e este insistiu novamente para Ba'ba' para dizer a razão, Ba'ba' novamente quiz evitar o assunto, dizendo que esta é uma longa história e que assim não há necessidade de ser mencionada. Dada novamente mais fortemente insistiu em saber a história. Então finalmente Baba narrou a história.


Cerca de 3.500 anos atrás, quando a guerra do Maha'bha'rata havia acabado e a idade de Shrii Krs'na era de 80 anos, em um determinado momento, ele tinha um compromisso para encontrar Arjuna em um determinado lugar na floresta. Ele estava descansando debaixo de uma árvore ao lado de uma lagoa em seu Laliita Mudra "(colocando um pé sobre outro pé) enquanto esperava por  Arjuna. Naquele tempo ao Seu ambos lados estavam dois Avadhutas. Ba'ba 'comentou que Shrii Krs'n'a tinha doze Avadhutas. Um caçador estava passando por alí e confundiu os bonitos´pés de Shrii Krs'n'a com um animal e atirou uma flexa envenenada visando Seus pés, a qual ficou presa no pé de Shrii Krs'n'a. Devido a reação do veneno Seu corpo ficou adoentado  e tornou-se de cor azulada. Ambos os Avadhutas que estavam com ele ficaram chocados. Shrii Krs'n'a os acalmou e disse-lhes que a qualquer momento Arjuna chegaria mas Ele não seria capaz de manter-se vivo até Arjuna chegar. Então... que Ele queria deixar com eles três mensagens para Arjuna. Nesse meio tempo, o caçador ficou  profundamente pesaroso após conhecer seu erro e pediu desculpas ao Senhor Krs'n'a. O Senhor Krs'n'a perdoou o caçador, dizendo que ele fez isso sem querer e que ele não iria adquirir qualquer pecado para esta ação. Então, as três mensagens para serem levadas a Arjuna pelos avadhutas eram, 1) Arjuna certamente será perturbado ao ouvir esta notícia, mas ele não deve prejudicar o caçador. 2) Seu corpo deve ser cremado para não ser enterrado. 3) A terceira instrução era  política em algum aspecto e seria para mudar uma determinada população de Dwaraka para Mathura. 
Os dois Avadhutas que estavam com Shrii Krs'n'a pediram-lhes para Ele não deixar Seu corpo até Arjuna chegar, mas Ele recusou e deixou Seu corpo. Quando Arjuna chegou, ele tornou-se extremamente pesaroso e com o coração partido. Arjuna tinha orgulho de seu comando em sua Ga'nd'iiva e sua excelência na ciência do tiro com arco. Ao realizar a terceira instrução de mudar as pessoas acima mencionadas a partir de Dwa'raka 'para Mathura ", ele foi preso por quarda-florestais. Então, seu Ga'nd'iiva e conhecimento de tiro com arco não poderiam fazer qualquer miráculo.  Então ele percebeu que tudo estava sendo feito por Shrii Krs'n'a mesmo. Ele era como um fantoche nas mãos de Shrii Krs'n'a. A entrega suprema ocorreu na sua mente. Ele percebeu que Shrii Krs'n'a não era apenas seu amigo, mas sim Paramapurusa. 
Ba'ba', então, perguntou ao dada Para'sattya'nandaji - " Você vai chorar também quando eu for?" Dada respondeu: "Ba'ba', não fale assim. Você estará conosco para sempre." "Não, não é possível, um dia vou ter que ir também." Dada  expressa  a Ba'ba' que ele não gostaria de ver esta cena. Ba'ba' confirmando com ele, diz - "Você não vai ver isso." 
Anos depois.
Em 26 de outubro de 1990 Dada Parasattyanandaji estava em uma parte remota de sua diocese (Sagar no estado de MP). Após o café da manhã, viu o jornal, que dizia: "O fundador da AM Shrii Shrii A'nandamurti faleceu e seus últimos ritos serão realizados hoje". Foi chocante para ele. Ele por telefone confirmou que as  notícias eram de partir o coração. Ele correu para Kalika'ta 'e confirmou que tudo havia terminado e que mesmo Suas cinzas já haviam sido recolhidas. Ele ficou furioso com os trabalhadores do escritório central por não informá-lo e estava irritado com eles. Mas, de repente, ele se retirou da luta e ficou em silêncio. Porque ele se lembrou de Suas palavras - "Você não vai ver isso."


LORD KR'SNA'S DEATH:
This story happened long before in those early days of A.M. when dada Para'sattya'nandaji was very close to Ba'ba'. He used to visit Ba'ba' for massaging. In one such occasion when he was massaging Ba'ba' one dark spot on Baba's right foot drew Dada's attention. Dada could not find any reason for this spot as he knew that Baba never walk bare footed on thorny places. Out of curiosity Dada asked Ba'ba' the reason for this spot. Ba'ba' avoided this topic by telling that it was not very important to know. Dada's curiosity became stronger and insisted again to Baba to tell the reason, Baba again wanted to avoid by telling it's a long story so no need to mention. Dada again more strongly insisted to know the story. Then finally Baba narrated the story.

About 3500 years ago after the Maha'bha'rata war was over when Shrii Krs'na's age was 80 years at a particular moment He had an appointment to meet Arjuna at a particular place in the forest. He was resting under a tree beside a pond in His Laliita Mudra' (placing a foot on another foot) while waiting for Arjuna to come. At that time by His both sides were two Avadhutas. Ba'ba' commented that Shrii Krs'n'a had twelve Avadhutas.

A hunter was passing by who mistook the beautiful feet of Shrii Krs'n'a to be an animal and shot poisonous arrow which struck Shrii Krs'n'a's feet. Out of the reaction of the poison, His Body became affected and trurned bluish. Both the Avadhutas who were with Him were shocked. Shrii Krs'n'a calmed them down and told them that at any moment Arjuna will come and He will not be able to maintain His Body before his arrival. So he wanted to leave three messages for Arjuna with them. In the mean time the hunter was in deep grief after knowing his blunder and apologized to Lord Krs'n'a. Lord Krs'n'a forgave the hunter by telling that he did it unknowingly and he will not acquire any sin for this action.

So, the three message for Arjuna to be conveyed by the Avadhutas were: 1)Arjuna will certainly be disturbed to hear this news but he should not harm the hunter. 2)His Body should be cremated and not to be buried. 3)Third instruction was on some political aspect to shift a particular population from Dwaraka to Mathura.

The two Avadhutas who were with Shrii Krs'n'a requested Him not to leave His Body until Arjuna comes but He refused and left His Body.

When Arjuna arrived he became extremely distressed and broken hearted.

Arjuna had ego of his command on his Ga'nd'iiva and his excellency in the science of archery. While carrying out the third instruction of shifting the the above mentioned people from Dwa'raka' to Mathura', he was arrested by the forest revels. Then his Ga'nd'iiva and knowledge of archery could not do any miracle.Then only he realized that everything was being done by Shrii Krs'n'a Himself. He was just like a puppet in the hands of Shrii Krs'n'a. The supreme surrender came in to his mind. He realised his friend Shrii Krs'n'a was none but Paramapurusa.

Ba'ba' then asked Dada Para'sattya'nandaji, "will you also cry when I leave?"
Dada replied, "Ba'ba', don't talk like this. You will be with us forever."
"No, it is not possible, one day I shall have to leave also."
Dada expressed to Ba'ba' that he would not like to see that scene.
Ba'ba' complemented to him, "You won't see that."

Years latter
26th October, 1990 Dada Parasattyanandaji was in a remote part of his diocese (Sagar in MP State). After his breakfast he saw the newspaper which says, "The founder of AM Shrii Shrii A'nandamurti has passed away and His last rites are due today"
It was shocking for him. He telephonically confirmed that heart breaking news. He rushed to Kalika'ta' to find that everything finished, even His ashes were carried away. He became furious on the Central workers for not informing him and he was fighting with them. But all of a sudden he withdrew himself from fighting and became silent. Because he remembered His words, "You won't see that."